Equipes cariocas faturam o Regional Sudeste 1 de Goalball, em Uberaba (MG)


Depois de um ano de jejum, a URECE-RJ, no masculino, e o IBC-RJ, no feminino, conquistaram o título do Regional Sudeste 1 de Goalball, no último domingo, 5, em Uberaba (MG). As finais foram realizadas contra ADEVIBEL-MG e APUV-MG, respectivamente. As quatro equipes finalistas garantiram vaga na Copa Loterias CAIXA, principal competição da modalidade no país, que será disputada em Jundiaí (SP), em outubro.
Ao contrário da decisão do ano passado, que teve a ADEVIBEL-MG vencendo a URECE-RJ, por 20 a 18, a partida que decidiu o título da atual temporada foi mais econômica nos gols. O equilíbrio e a emoção foram os mesmos, e ambas as equipes estiveram perto da vitória. No entanto, os cariocas tiveram mais tranquilidade para buscar a vantagem no placar e levar o primeiro lugar com a vitória de 8 a 7.
Uma final inédita na categoria feminina colocou APUV-MG e IBC-RJ frente a frente em outro duelo entre cariocas e mineiros na competição. As duas equipes protagonizaram a disputa da medalha de bronze em 2015, quando as meninas do IBC-RJ venceram por game. E no duelo mais importante na história das equipes, as cariocas repetiram a vantagem de dez gols e venceram por 13 a 3.
Na disputa do terceiro lugar da categoria masculina, Gabriel Rodrigues, da CEIBC-RJ, e Fernando Narciso, da AADV-PC-MG, ditaram o ritmo do jogo. Os dois foram responsáveis por 20 dos 22 gols da partida. O camisa 3 do time carioca teve números ainda mais expressivo. Gabriel marcou todos os gols da equipe e foi decisivo na vitória de 13 a 9.
No duelo pelo bronze feminino, o que se viu foi uma URECE-RJ com muita intensidade contra as mineiras da ADEVIBEL. Embaladas por Jéssica Alves, a equipe carioca entrou com tudo no jogo e foram emplacáveis ao vencer a peleja pelo placar de 11 a 1.
Os prêmios individuais da competição foram dominados pelo IBC-RJ. Uma das esperanças do Brasil nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, Victoria Amorim mostrou mais uma vez seu talento em quadra e com 39 gols foi a artilheira. A versão masculina da instituição carioca, a CEIBC-RJ, também teve seu atleta recebendo o título de goleador. Assim como em 2015, Gabriel Rodrigues se destacou com 57 bolas na rede.
Com informações da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV).
Assessoria de imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)
Rafael Maranhão
Ivo Felipe
Nádia Medeiros
Rafael Moura
Thiago Rizerio
Ronaldo Rodigheri
Elder Barros (estagiário)
Maria Louiza Oliveira (estagiária)

Data de Publicação: 08/06/2016

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro