Primeira mulher disputa partida oficial de futebol de 7 no Brasileiro de Acesso


A disputa pelo sétimo lugar no Campeonato Brasileiro de Futebol de 7 - Divisão de Acesso, nesta sexta-feira, 29, no CT Paralímpico, em São Paulo, representou muito mais do que o nome pode sugerir. No dia de encerramento da competição, Mariana Damasio colocou seu nome na história da modalidade e tornou-se a primeira jogadora a entrar em campo em torneios oficiais da Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE).

Praticante do futebol de 7 desde maio deste ano, Mariana viajou a São Paulo com a sua equipe, a APEBH, para integrar a comissão técnica - uma vez que não achava real a possibilidade de participar do torneio. No entanto, após votação no Congresso Técnico, os times decidiram liberá-la para competir entre os homens. Decisão que a surpreendeu, mas a qual ela agarrou da melhor maneira.

(Participar do Campeonato Brasileiro foi um sonho. Eu não esperava, pois vim para São Paulo como membro da comissão técnica da equipe. Vocês podem imaginar o significado que isso tem para mim e para a equipe), disse atleta, que teve paralisia cerebral e tem limitações principalmente nos membros inferiores por ter nascido prematura.

(Além disso, é importante para conseguirmos trazer mais meninas para o futebol de 7 e termos uma visibilidade maior e desenvolver o futebol de 7 feminino. São poucas meninas no futebol convencional, então você pode imaginar no futebol de 7. É um sonho possível e vamos lutar agora para trazer mais meninas), completou.

A participação de Mariana não limitou-se apenas a entrar em campo. A jogadora foi a responsável por um dos gols da APEBH, na vitória que rendeu à equipe o sétimo lugar do torneio, sobre a APARU, por 10 a 3. Não foi, no entanto, seu primeiro contato com o esporte paralímpico.

(Eu comecei no paradesporto em março, no rugby em cadeira de rodas. E aí de lá eu comecei a sentir falta do futebol, pois joguei futsal durante dez anos e parei por questões fisicas, por causa da deficiência. No rugby, comecei a sentir falta, pois praticamos em uma quadra), contou.

O CAMPEONATO
O CETEFE ficou com o título do Campeonato Brasileiro de Futebol de 7 - Acesso ao superar na decisão o CADS. O bronze ficou com o APBS, que bateu o CEPE.

Data de Publicação: 02/10/2017

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro