Cadeirantes fazem blitz de acessibilidade no comércio de BH


Quem acompanha o nosso trabalho em prol da inclusão e da defesa dos direitos das pessoas com deficiência, sabe que um dos assuntos que nós mais abordamos é o respeito e o reconhecimento do cidadão com deficiência enquanto consumidor.



Não diferente de qualquer outra pessoa, nós que temos a qualidade de alguma deficiência também pagamos os mais diversos tipos de tributos, mas infelizmente ainda estamos distantes de encontrar igualdade de condições nos aspectos de acessibilidade e atendimento nas mais diversas relações de consumo.



Nessa época de natal e fim de ano, na qual o capitalismo prevalece no ritmo frenético de compra e venda de produtos e serviços, a exclusão social que acontece na participação da vida econômica do país fica ainda mais evidente.



São milhares de empreendedores que ainda não entenderam que estamos vivendo tempos de inclusão e que o cidadão com deficiência é consumidor e cliente em potencial para qualquer ramo de negócio.



E foi justamente com esse ideal de mandar um recado para o comércio que nós fizemos uma "blitz de acessibilidade" para conscientizar os comerciantes e empresários do centro de BH.



 



É nítido o descumprimento da legislação de acessibilidade e de defesa direitos das pessoas com deficiência pela maioria dos estabelecimentos comerciais, não apenas em Belo Horizonte, mas em vários cantos Brasil.



Via de regra, qualquer município pode melhorar as condições de acessibilidade no comércio colocando em prática uma política de fiscalização eficiente, periódica e eficaz,  bem como revendo mas suas normas locais a fim de buscar maior precisão  legislativa quanto às regras de seu código de posturas e também do plano diretor da cidade.



Infelizmente essa ainda é uma dura realidade a ser enfrentada em diversos municípios do país. Mas muito além das obrigações legais, fica o recado, sobretudo para os comerciantes e empreendedores, nós pessoas com deficiência, além de sermos sujeitos de direito, somos consumidores em potencial para qualquer ramo de negócio.



Somos uma clientela literalmente diferenciada e muito antes de olharmos o preço das suas mercadorias ou serviços, nós sempre vamos analisar as condições de acesso e atendimento que nos são oferecidas.


Data de Publicação: 01/01/2018

Fonte: R7