Primeiros atletas que brilharam no Parapan de Toronto


Desembarcaram nesta segunda-feira, 17, em São Paulo, atletas brasileiros que colaboraram na melhor campanha do Brasil em uma edição de Jogos Parapan-Americanos. O grupo que voltou hoje foi formado por mesa-tenistas e ciclistas. Amanhã, outro bloco com brasileiros chegam ao solo brasileiro com centenas de medalhas em suas bagagem.

Entre os atletas que voltaram nesta segunda estava o medalhista de ouro Paulo Salmin, do tênis de mesa. Animado com as medalhas douradas no individual classe 7 e por equipes, e o retorno ao país com o título de campeão e a vaga nos Jogos Paralímpicos do Rio-2016 assegurada, o atleta resumiu o sentimento após o melhor rendimento de uma delegação.

(É a sensação melhor possível. No individual, fiz um jogaço na final, virei a partida para conseguir a medalha e a vaga no Rio. Digo que esse foi o grande momento da minha carreira até agora. Fico bem mais tranquilo com essa vaga garantida, mas vamos pensar no ranking mundial para os Jogos do Rio começarem com uma boa chave), disse.

Outro que chegou animado com o desempenho na maior cidade do Canadá foi Lauro Chaman, ciclista que levou três medalhas na modalidade, sendo duas de ouro e uma de prata.

(É um sonho realizado. Agradeço pela oportunidade de ter participado dessa delegação campeã. As minhas medalhas também dedico a toda a comissão técnica. A conquista é de toda a equipe. Agora vou me empenhar muito, treinar para chegarà  medalha no Rio de Janeiro em 2016), resumiu.

Em Toronto, o Brasil teve seu melhor desempenho na história de Parapans. O país conquistou 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze, e ficou na liderança do quadro geral dos Jogos Parapan-Americanos.

Assessoria de imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)
Rafael Maranhão
Ivo Felipe
Nádia Medeiros
Rafael Moura
Thiago Rizerio
Mariana Azambuja (estagiária)
Elder Barros (estagiário)

Data de Publicação: 18/08/2015

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro