Livro estimula brincadeiras para crianças com deficiência


Incorporar ao cotidiano de pais e educadores a criação de brincadeiras e a produção de brinquedos adaptados para crianças com deficiência é o objetivo do livro (Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos). Lançamento do Instituto Mara Gabrilli (IMG), a publicação traz em linguagem simples e conteúdo bem produzido o passo-a-passo para adaptar 43 brinquedos e 25 brincadeiras para estimular qualquer pessoa a criar, aprender e ajudar crianças de todas as idades a desenvolver suas capacidades.

Com patrocínio da Sanofi, o livro será lançado com uma série de oficinas que serão realizadas durante a Reatech - Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, que acontece em São Paulo, entre 9 e 12 de abril.

(Estimular o brincar, desde a produção do brinquedo até o exercício da brincadeira propriamente dita é proporcionar bons momentos de diversão, lazer, estímulo sensorial e criativo e interação social. É darà  criança a oportunidade de crescer e se desenvolver de maneira saudável em uma linguagem natural para ela e num ambiente lúdico), afirma a fundadora do IMG, Mara Gabrille.

Ela lembra que é por meio da diversão que a criança desenvolve características como criatividade, inteligência, imaginação, agilidade, coordenação e autonomia. (No caso da criança com deficiência o despertar dessas habilidades é fundamental para um futuro mais autônomo), finaliza Mara.

Elaborado pela equipe do IMG com consultoria da terapeuta ocupacional Andréa Rossettini, o livro parte do princípio que brincar não tem idade, não tem fronteiras e nem espaço para preconceito e discriminação. Todos os 43 brinquedos, entre eles os tradicionais boliche, cai-não-cai e jogo da memória, e as 25 brincadeiras, como adoletá, telefone sem fio e o mestre pediu, são universais, inclusivos e permitem a participação de quem quiser brincar ou quiser ajudar na brincadeira. Além disso, a confecção é feita com materiais recicláveis e de baixo custo e pode ser realizadas em casa.

Oficinas Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos - Para lançar o livro (Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos), o Instituto Mara Gabrilli (IMG), promove uma série de oficinas, na Reatech - Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, que acontece em São Paulo, entre 9 e 12 de abril. Elas acontecem uma vez por dia, nos dias 10 a 12 de abril das 15 às 17 horas (ver serviço abaixo). Durante as oficinas a terapeuta ocupacional Andréa Rossettini, consultora na elaboração do livro, dará dicas de adaptação de brinquedos e brincadeiras para crianças com diversas deficiências. Ela também irá ensinar na prática a confecção de alguns dos brinquedos e a criação de algumas das brincadeiras apresentadas no livro.

(A partir da incorporação de valores de acessibilidade, inclusão e respeitoà  diversidade e do estabelecimento de premissas como equidade e autodeterminação, o desenvolvimento de propostas inclusivas aos poucos se torna automático e natural), afirma a coordenadora geral do IMG, Camila Benvenuto, explicando que as oficinas também abordarão as premissas básicas do livro, que são: respeitar o tempo de cada um e o conhecimento de cada pessoa, combinar com os participantes a melhor forma de tornar a brincadeira inclusiva e proporcionar a mesma oportunidade de experiência para todos os participantes.

Voltada para pais e profissionais de atendimentoà  pessoa com deficiência, as três edições da oficina são gratuitas, com duração de duas horas e capacidade para 40 pessoas. Todos os participantes da oficina ganham uma edição do livro (Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos).

Data de Publicação: 04/01/2016

Fonte: Instituto Mara Gabrille